Seguidores

TRADUTOR

domingo, 18 de novembro de 2018

EGO GANÂNCIA PODER CAMINHO TURBULENTO




Por que fez isso?
Jogou tua vida no abismo,
era para a redenção seu caminho,
estava bem encaminhado.

Mas a ganância de seu ser conta tomou,
do poder gosto tomou,
tão esperto se achou,
as oportunidades para novo caminho recusou.

Nem a menos conta se deu,
o quão longe foi,
incompreendido se julgou,
pela família que de você se afastou.

Afastou-se não por desamor,
mas sim para se proteger,
pois seus atos inconsequentes,
recaiam sobre eles sem dó ou piedade.

Nem seus pais você poupou,
foram suas primeiras vítimas,
na miséria os jogou,  
ainda assim você não se arrependeu.

Foram anos e mais anos,
o desamor cultivando,
o seu semelhante prejudicando,
por se safar esperto se achando.

A justiça da terra o alcançou,
mas a lição de nada serviu,
livre o seu caminho continuou,
mais sementes de dor espalhou.

Até que a Lei Divina o paralisou,
numa cama doente o colocou,
então de repente através da dor sentiu,
de seus atos o peso.

Tudo em sua mente vinha,
a ser sincero consigo começou,
as desculpas que a si mesmo dava,
agora por terra caiam.

Finalmente sinais de arrependimento,
grossas lágrimas pelo teu rosto rolando,
agora tarde era pensou,
mas para Deus nunca tarde será.

Por fim tudo termina,
teu corpo jaz em uma cova,
teu espírito a realidade enfrenta,
e esta você não manipula.

Não lute contra teu destino,
entrega-te ao arrependimento,
perdão do fundo de tua alma clame,
se for sincero ouvido será,
então a lei Divina o recolherá,
para a cura de tua alma o encaminhará,
até que finalmente reiniciar poderá,
pois o Criador sempre uma nova chance nos dá.




Luconi
18-11-18

Para alguém que conheci jovem trilhando o caminho certo, mas que se perdeu de si, da família, do mundo e da fé pela ilusão do ganho fácil.

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

RODA DA FORTUNA





Todos têm na vida,
a roda da fortuna,
fortuna que não é material,
mas sim espiritual,
onde os seres animalescos,
é o mal armando ciladas,
para que a roda você não vença.


Vencer tal roda não é fácil,
gritam alto as doenças da alma,
abafando o amor chagas abertas,
em processo de cicatrização outrora,
reabrem nas afrontas da vida,
e o ser que veio solidificar a cura,
perde-se novamente nas tramas da roda.


Repare bem nesta roda,
se para você ela apareceu,
é por que o mal vai te tentar,
para a roda você não vencer,
caindo em suas armadilhas,
para longe irá tua vitória,
a vitória de tua missão nesta vida.

Luconi

01-11-18


sábado, 6 de outubro de 2018

SEM CHÃO SEM TETO


Dizem que chão não tenho,
teto então nem pensar,
mas é porque não entendem,
que chão e teto,
não são para serem vistos,
mas sim sentidos.
De que adianta o chão de cimento,
o teto de laje e telhas,  
se estão sem chão no seu chão,
sem teto estando debaixo de um,
que qualquer mudança do tempo,
ou caem em abismos profundos,
ou são soterrados por escombros.


Não eles não têm chão,
eles têm ilusão,
o alicerce é de areia,
teto também não têm,
outro engano,
pois seu teto é de palha.


Neste mundão de Deus,
o chão que nos sustenta,
é aquele que tem fundamento,
nas Leis imutáveis de Deus,
este chão não é oco,
e jamais se tornará um abismo.


Neste mundão do Criador,
o teto que nos abriga,
protegendo-nos contra as tempestades,
é o teto cuja laje é o amor,
cujas telhas são a fé,
este teto sempre nos protegerá.


Então esteja eu onde estiver,
caminhando errante na vida,
ou fazendo pouso em algum canto,
sempre terei o meu chão,
sempre terei o meu teto,
o lugar não importa,
importa que estarei na casa do Pai.


Luconi
01-10-18

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

CARTA AO MEU IRMÃO LÁ NA ARUANDA


MEU IRMÃO E SUA LINDA FILHA E ESPOSA

Ah! Meu irmão,
hoje  dói meu coração,
dói de saudades, muitas
dói pela falta de teu conselho sábio,
dói pelo teu sorriso que acalmava minha alma,
dói pelo teu jeito brincalhão,
que para  nos fazer sorrir você brincava,
mesmo que teus olhinhos quisessem chorar.


Fiquei pensando,
aqui na Terra hoje pra mim é um dia triste,
a lembrança de tua ausência é tamanha,
que não cabe no coração nem na alma,
e aí na Verdadeira Pátria,
os irmãos o teu retorno comemoram?


Não sei por que fiquei pensando nisso,
mamãe, papai, a Hilda, vovô, vovó, a nona, o nono,
e tantos outros que têm contigo laços,
vão te visitar hoje, mandam talvez uma mensagem,
ah o Pai João de Angola e seu Capa com certeza por aí passaram.

Eu queria ir te abraçar,
pois sei da sua vitória,
sei que foi recebido pela luz,
sei pelas notícias que está trabalhando,
e também estudando,
fico muito feliz com isso,
por muito te amar e teu bem maior desejar.

Não te dou notícias daqui,
por que sei que bem sabe dos acontecimentos,
claro os de maior importância na vida de teus queridos,
mas mando um abraço muito apertado,
mil beijos com lágrimas que molham a tua face,
dizendo a você:

Obrigada meu irmão por permitir que eu fizesse parte de tua vida,
por ser meu irmão caçulinha e ao mesmo tempo meu apoio,
aquele que repartiu comigo a sua missão espiritual,
apenas para me ajudar a realizar um bocadinho da minha,
obrigada do fundo de minha alma,
um dia receberei e darei este abraço,
quando tiver merecimento,
o tempo não importa, pois aqueles que se amam,
sempre se reencontram.
De tua irmã que tanto te ama.


Marcia Maria Luconi
 11-09-18