Seguidores

TRADUTOR

domingo, 31 de julho de 2011

AGONIA DO FIM


Nada tenho a falar,
há muito tudo já disse,
repetindo tantas vezes,
que se você não cansou de ouvir,
eu me cansei de falar.

Cada um hoje vive,
em um mundo que é só seu,
o teu mundo nunca se abriu,
o meu com você dividi,
e sem mundo eu fiquei.

Em fragmentos repartida,
a referência perdida,
sinto-me enclausurada,
neste imenso vazio,
onde nada mais importa.

A vida pela janela eu olho, 
dela não participo,
apenas espero,
que pela fresta,
entre um raio de sol.

Luconi

30-07-2011

12 comentários:

  1. E há de brilhar o sol...A esperança não deve faltar! beijos,tudo de bom, lindo domingo e semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Também estou a olhar pela fresta a espera de um raio de sol.
    Continuemos na certeza de que um dia ele irá brilhar.
    Lindo poema!
    Beijos e bom fim de tarde pra ti!

    ResponderExcluir
  3. O sol brilhará nesta fresta minha amiga.
    E então a vida terá mais sentido pois será mais iluminada, e com certeza trará mais felicidade.
    Um abraço afetuoso, beijos, e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  4. É preciso crer no sol que virá!!!
    Beijocas, minha amada!

    ResponderExcluir
  5. Marcia,triste mas muito lindo teu poema de amor!Muitas vezes parece que o sol se foi,mas ele continua lá!Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Liberta-te! Abre essa janela e deixa que toda a luz te envolva... sentirás uma constelação de estrelas cair sobre a tua pele...

    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  7. MUITO LINDO!... PARABÉNS!... BEIJOS

    ResponderExcluir
  8. Olá Luconi!

    Grata pela visita! Cá estou eu pagando e agradecendo a sua presenca ao "Sabor de Pitanga".


    Bonito poema! Creio que muita gente está assim também: esperando "um raio de sol"para que lhe ilumine a vida!...

    A você, meus votos de muita felicidade.
    Ana

    ResponderExcluir
  9. Amiga, poesia perfeita e profunda! Parabéns!

    Permita-me agradecer pela gentileza de divulgar meus livros de forma tão bela em seu blog, agradeço-lhe de coração!

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  10. Luconi...

    o sol virá, já veio, ele às vezes se atrasa, mas logo você vai sentindo um calorzinho, uma luz tímida chegando, e quando menos se espera ele brilha muito pelas frestas, pela porta, pela janela até deixar o coração quentinho quentinho...

    linda sua poesia, embora triste...

    beijinho e obrigada pelo seu carinho...

    Su.

    ResponderExcluir
  11. Um dia o sol brilhará, por vezes prega partidas e dá lugar aos dias cinzentos...mas logo, logo brilha e tudo faz mais sentido.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Não pode ser assim, não!
    Agradeça a cada manhã, e erga um brinde à vida!
    O sol vai brilhar pra vc mais bonito ainda!
    Bjs!

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO

LUCONI