Seguidores

TRADUTOR

quinta-feira, 22 de maio de 2014

VISITA A MINHA ORIGEM





Vou andar devagarinho,
na montanha vou subindo,
logo já estou chegando,
rapidinho, vou me sentando.


Sinto o solo abençoado,
olho o céu infinito,
os olhos vou fechando,
o meu ser esvaziando.


Com a natureza me integrando,
a paz vai me invadindo,
plena estou me sentindo,
como se a origem tivesse voltado.


Ali, longe da civilização,
que as leis divinas ultraja,
sinto-me pertinho de Jesus,
pertinho de Deus.


Ali ficar desejo,
mas dentro de mim uma voz diz,
volta, volta não acabou teu tempo,
o teu tempo é de plantio.


Reluto em voltar,
os olhos vou abrindo,
inicio a descida devagarinho,
mas termino rapidinho.


Olho o horizonte,
o meu ser sinto,
com um sorriso percebo,
uma graça havia recebido.


Aquele lugar abençoado,
em mim havia se integrado,
até que o tempo terminando,
para lá eu seguisse,
ao plantio retorno contente.


Luconi

21-05-2014

12 comentários:

  1. Linda visita que te deu tanta Paz! mas ainda é hora de voltar!!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. OI LUCONI!
    TEMOS DE PERMANECER, POIS MUITO HÁ AINDA A SER SEMEADO, DEPOIS É COM O "PAI"
    ACHEI DE UMA SENSIBILIDADE TOCANTE AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Luconi, também achei linda e de muita sensibilidade. E de verdades nas entrelinhas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Q privilégio!!!!! Me tocou....

    Obrigada pela visita. Você foi muuuito gentil.

    beijo

    ResponderExcluir
  5. Lindo poema, bela imagem. Pois é amiga Marcia, independente do nosso desejo de ir ou ficar, nossa estadia já foi mais ou menos definida antes do nosso atual ingresso aqui na crosta.
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  6. Estarmos prontos para a grande viagen de retorno a patria celestial ,um dia sim retornaremos mas só o mestre e senhor sabe o exato momento que nosso espirito possa estar preparado livre de tudo que poça macular as vestes de nossa alma,kindo poema minha flor de amiga vejo sempre a seu lado um anjo de muita luz e bondade um abraço com carinho marlene

    ResponderExcluir
  7. Palavras e imagem que transmitem paz!
    Excelente final de semana p ti =)

    ResponderExcluir
  8. Oi Luconi! Em contato com essa paisagem linda, só se pode sentir a paz. Ainda bem que mesmo a civilização fazendo tanto barulho, a paz permanece dentro de nós. Lindíssimo poema. Beijo e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  9. Os missionários não podem descansar. Jesus sentando-se numa pedra ensinou as
    Bem-Aventuranças
    - Felizes os pobres porque possuirão a terra
    - Felizes os que têm fome e sede de justiça porque serão saciados
    - Felizes os que anunciam e promovem a paz e amor.

    ResponderExcluir
  10. Luconi,é muito bom voltar pra casa,mas como disse ás vezes não está na hora. Que bela e sensivel poesia, uma visão! bjs,

    ResponderExcluir
  11. Querida, vc é uma benção.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Linda caminhada pelos caminhos da felicidade, o paraíso à frente.
    Gostei Luconi.
    Um abração.
    Beijo

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO

LUCONI