Seguidores

TRADUTOR

sábado, 22 de março de 2014

CAMINHO SEM VOLTA



O vazio tomou conta de seu ser, suspirou aliviado, agora não mais teria que lutar, estava terminado,
sentia as lágrimas rolarem, mas não chorava de tristeza, estava cansado deste caminho sem volta, por onde só a dor semeara, primeiro o desespero dos pais, depois o seu ao se ver dependente, afastado dos amigos de infância, a namorada que perdera, os novos amigos que não eram amigos, que lhe viraram as costas, assim que a grana terminara, as dívidas que se acumulavam, os primeiros roubos, depois os assaltos, jamais ferira alguém, a briga que travava consigo mesmo, tentava sair, mas não conseguia, saiu de casa para proteger a família, a policia o
prenderia, os novos amigos poderiam matá-lo, eles não perdoavam, não tinha má índole, a situação obrigava, estava farto, teria que tomar atitude, falou com seu grande credor, não mais se drogaria, se entregaria, era réu primário, pediria ajuda, cumpriria a pena, sua família o receberia de volta,
seria difícil, mas retornaria à vida, para a dívida a família
prometera ajuda,  mas primeiro precisaria ficar limpo, não terminou de falar, no rosto do credor um sorriso de escárnio, só  o ouviu dizer, você se tornará dedo duro, não ouviu mais nada, apenas sentiu a dor no peito, uma queimação por dentro, sua vida passando como um filme, era o fim, era o vazio, em pensamento começou a rezar, de repente o alivio, sentia que Deus lhe daria outra chance, quando o encontraram, seu rosto estampava um sorriso.


Luconi
22-03-2014

Um conto, baseado em fatos reais da época que eu morava em
São Paulo, na época marcou a todos, pois o rapaz foi encontrado na nossa rua, a sua família morava ali perto, ele havia se acertado com os pais e ido cumprir o prometido a eles, tenho certeza que foi recebido pelos enviados do Mestre.


7 comentários:

  1. Histórias velhas com cores actuais. Os tempos mudam mas nem sempre a capacidade de aprender com os próprios erros e saber mudar de vida.
    Muitos só aprendem o caminho da degradação. São poucos os que regressam com arrependimento e com coragem para recomeçar uma vida nova com mais dignidade.

    ResponderExcluir
  2. Puxa, Luconi! Que triste e tão real nos nossos dias. É um difícil processo esse,entre as confusões com os credores e a família,mas essa sempre acaba apoiando. Pena é quando apesar desse apoio, tudo o que a família faz não é reconhecido e filhos simplesmente ignoram os pais e todo exemplo dado e desaparecem... Nem há o tempo do perdão! Triste! No caso trazido, pelo menos o rapaz estava bem pensando numa nova chance! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Um Dia tudo muda.
    Com o passar do tempo percebo
    a cada Dia o quanto preciso
    lutar para vencer cada obstaculo
    Hoje também percebo o quanto me faz
    bem sentir seu carinho.
    È através das nossas trocas de visitas
    sinto o quanto nossa amizade cresceu no longo
    do tempo.
    Com certeza minha vida não será mais a mesma
    quando for preciso trassar novos caminhos mudar de rota.
    Sim ..Um dia é necessário desbravar novos caminhos,
    novas fronteiras fazer de cada Dia como
    se fosse o único.
    Com imenso carinho desejo um abençoado final de semana.
    Beijos no coração afagos na Alma.


    ResponderExcluir
  4. Nossa que relato...

    Bom dia pra ti.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Muito comovente essa história,Luconi! E infelizmente há muitos casos parecidos! bjs,

    ResponderExcluir
  6. Amiga: A vida as vezes tem destas coisas mas tudo se pode resolver nada há que não se possa dar um gente e voltar aos bons caminhos. Gostei do conto apesar de ser um pouco triste para quem viveu ou vive estas situações.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  7. Quando a vida entra em escambo para o "underground" perde-se o bom senso e o equilíbrio. Infelizmente, um conto atualíssimo!
    Abraços.

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO

LUCONI