Seguidores

sexta-feira, 16 de março de 2012

PÁSSARO CELESTE



Agoniza nesta Terra,
lá no horizonte,
lindo pássaro celeste.

Poucos o alimentam,
ou saciam sua sede,  
a sua dor ninguém aplaca.

Veio à terra tão formoso,
tão cheio de esperanças,
aqui faria pousada.

Giraria todo o mundo,
as sementes espalhando,
em breve floresceriam.

Então aqui ficaria,
tomando conta da floreira,
que por si só se multiplicaria.

Ninguém a atacaria,
pois ele sugaria,
qualquer mal que a atingisse.

Sua fome, sua sede,
a floreira saciaria,
livrando-o assim do mal.

Não contava o pobre pássaro,
com a ânsia do poder,
que dominaria a floreira.

Em pouco tempo,
as flores viraram espinhos,
as ervas daninhas dominaram.

Recomeça o seu trabalho,
semeando novos canteiros,
regando-os com suas lágrimas.

Valor poucos lhe dá,
alguns lhe chamam de louco,
dizem ser utopia.

Quando está agonizando,
o Pai o socorre,
com o sorriso de uma criança.

Que o revigora,
fazendo-o pensar,
em quantos pequenos há.

Vale a pena continuar,
um dia conseguirá,
revestirá a Terra.

Então voltará ao infinito,
pois o Amor Universal,
finalmente terá vencido.

Luconi
 15-08-2010 

9 comentários:

  1. Esse pássaro celeste é a personalidade de cada pessoa e a sua capacidade de construir um mundo novo. Um mundo melhor, mais colorido e mais justo.

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo o poema e a mensagem que nele existe.Beijos

    ResponderExcluir
  3. Tua mensagem foi ótima e abrangente nessa poesia linda!!!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. bagus menarik
    kunjungi yes me
    http://sfhadi8.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Vim aqui desejar especialmente um bom fim de semana já que não tenho tido tempo para a visitar. Tive testes do ministério para corrigir e depois levei uma turma em visita de estudo a Lisboa que me custou a preparar e na terça levo outras 3 turmas ao Porto. A que levei a Lisboa é uma turma muito pobre, nunca tinham saído daqui, andado de comboio, visto o mar nem ido ao teatro, de maneira que foi uma alegria poder proporcionar-lhe esta novas experiências. Eles ficaram muito felizes! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Lindíssimo, Luconi. O bem sempre vence o mal. Bom fim de semana. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Minha querida.
    Este poema além de bonito, lava minha alma e toca em meu coração.
    Creio que há mais de dois mil anos, Alguém em sua sagrada trajetória fez como esse pássaro, que mal compreendido, foi morto por nós, ingratos.
    Fica aí uma analogia. Não sei se cabe, mas a mim foi possível ver dessa maneira.
    Um abraço e um beijo.

    ResponderExcluir
  8. O amor é início, o meio e o fim! Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Maravilhoso poema Luconi!
    Só me resta aplaudir tamanha sensibilidade e inspiração!
    abração com carinho

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO

LUCONI